@Fabricio Oliveira

@Fabricio Oliveira

COISAS DE IMPERATRIZ

"Aqui tem piadas, sacadas, teorias, acontecimentos, política, propaganda e muito mais"

@Fabricio Oliveira

@Fabricio Oliveira

Superintendência de limpeza pública alerta a população sobre o armazenamento de materiais cortantes dispensados no lixo.

O número de acidentes de trabalho durante a coleta seletiva tem aumentado em Imperatriz (MA). Só este ano já foram registrados 50 casos. Muitos moradores colocam objetos cortantes no lixo sem se preocupar com a segurança dos coletores.

O coletor usa todos os equipamentos de segurança para se proteger, como bota, filtro solar, óculos e luvas de borrachas.

“Não dura, vai varar a luva e vai pegar a mão da pessoa”, garantiu o gari.

Falta de conscientização:

Segundo Alan Jhones, superintendente de Limpeza Pública, alguns objetos, como cacos de vidro, lâminas, agulhas, palitos de churrasco, copos e garrafas quebradas, são os que mais causam acidentes nos coletores de lixo de Imperatriz.

A população não imagina muitas vezes que os objetos cortantes jogados no lixo podem machucar os garis.

“As pessoas ainda não têm a identificação com a conscientização desses profissionais que contribuem com a limpeza pública da cidade”, explicou Alan Jhones..
Lâmpadas e vidros
Nos ponto de coleta da bairro beira rio, e em locais que funcionam bares e restaurantes, percebe-se a frequência nos acidentes, pois por se tratar de atendimento ao público, periodicamente são quebrados copos, pratos, garrafas e sem falar que facas são jogadas no lixo sem a percepção de quem faz as manutenção do ambiente.
Segundo o responsável pela SLP Superintendência de Limpeza Pública, Alan Jhones, algumas medidas simples diminuem o perigo para quem trabalha na coleta.
“Sempre que tiver espelho, copo, ou garrafa pra colocar no lixo, deposite o material em uma caixa de papelão ou então dentro de um garrafa pet. Pra evitar os acidentes dos garis no trabalho. Se possível, ainda, colocar em uma caixinha com um aviso”. salienta

Comentários


Publicado em 20 de dezembro de 2017 por

Tags: